APLICABILIDADES DE MATERIAIS RESIDUAIS DE ORIGEM LIGNOCELULÓSICA

  • Aymara Gracielly Nogueira Colen Faculdade ITOP
  • Daniel Aranha de Sousa Silva Unitins
  • José Luiz Cabral da Silva Júnior Unitins
  • Renato Eurípedes Nascimento Júnior Unitins
  • Fabrício Machado Silva Faculdade ITOP

Resumo

Toneladas de resíduos vegetais são desperdiçadas nos dias atuais, destinadas a
aterros sanitários ou dispostos em locais inadequados, sem tratamento efetivo, o que causa
impactos ambientais em diversos graus de magnitude, tanto no meio físico, biótico e
socioeconômico. Com o aumento da população mundial, as atividades agropecuárias
intensificam-se de forma equivalente, apresentando assim grade expressividade de biomassa
lignocelulósica. O Brasil, portanto, possui extensas áreas de produção agrícola, favorecido por
condições edafoclimáticas e consequentemente são gerados resíduos de caráter renovável. A
biomassa lignocelulósica é constituída essencialmente por carbono, hidrogênio, oxigênio e
nitrogênio, dentre outros elementos, e, pode ser sumetida a rotas tecnológicas de convergência
térmica, capazes de gerar novos produtos como biocombusíveis, compostagem, incremenmto
ao sistema raticular do solo, insumos para a indústria base. O objetivo deste estudo é apresentar
uma visão geral sobre as diversas aplicabilidades de materiais lignocelulósicos provenientes da
geração de resíduos agroflorestais e agroindustriais.

Referências

ALVES, Ricardo Francisco; José Luiz Francisco Alves; Jean Constantino Gomes da Silva; Kaline do Nascimento Ferreira; Rênnio Felix de Sena et Al.: Síntese de carvão ativado visando tratamento de efluente oriundo de refinaria pelo processo de adsorção. [s. l.], n. May 2015, 2016.

ANTONIOLLI, Z. I.; STEFFEN, G. P. K.; STEFFEN, R. B. Utilização de casca de arroz e esterco bovino como substrato para a multiplicação de Eisenia fétida Savigny (1826). Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 33, n. 3, p. 824-830, 2009.

ANP. Agência Nacional do Petróleo. Portaria ANP nº 240 de 25/08/2003. Dispõe sobre a autorização prévia da Agência Nacional do Petróleo para a utilização de combustíveis não especificados no País.

ARAÚJO, I. I.; et al. Aproveitamento do resíduo do processamento do café na composição de painéis MDP. Proceedings of the III Workshop do PGR em Gestão de Resíduos da Unesp: Annual Meeting, 2014.

BARBIRATO, G.; et al. Painel aglomerado híbrido de casca de amendoim reforçado com partículas de madeira itaúba. Ciência Florestal, v. 24, n. 3, 2014.

BEN. BALANÇO ENERGÉTICO NACIONAL. Brasília: MME, 1982.

BEZERRA, M.S.; HOLANDA, V.C.D.; AMORIM, J.A.; MACEDO, G.R.; SANTOS, E.S. Produção de biotensoativo utilizando Pseudomonas aeruginosa (P.A.) e resíduo agroindustrial (manipueira) como substrato. Holos, v.1, p.14-27, 2012.

BONIOLO, M. R.; YAMAURA, M.; MONTEIRO, R. A. Biomassa residual para remoção de íons uranilo. Quim. Nova, vol. 33, no. 3, 547-551, 2010. Disponível em: . Acesso em 12 de abr. de 2018.

BRASIL. Ministério do Meio Ambiente. Serviço florestal brasileiro. Brasília: MMA, [s.d.]c. Disponível em: .Acesso em: 6 maio 2016.
BRASIL. Lei nº 12.305, de 2 de agosto de 2010. Institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos. Brasília, 2 ago. 2010.

BRASIL. Conselho Nacional de Meio Ambiente (CONAMA). Resolução Conama nº 316, de 29 de outubro de 2002. Dispõe sobre procedimentos e critérios para o funcionamento de sistemas de tratamento térmico de resíduos. Brasília, 29 de out. 2002.

BRASIL. Conselho Nacional de Meio Ambiente (CONAMA). Resolução nº 357, de 17 de março de 2005. Dispõe sobre a classificação dos corpos de água e diretrizes ambientais para o seu enquadramento. Disponível: . Acesso em: 15 dez. 2018.

BRASIL. Conselho Nacional de Meio Ambiente (CONAMA). Resolução nº 430, de 13 de maio de 2011. Dispõe sobre as condições e padrões de lançamento de efluentes, complementa e altera a Resolução no 357, de 17 de março de 2005, do Conselho Nacional do Meio Ambiente-CONAMA. Publicação DOU nº 92, de 16/05/2011, pág. 89. Disponível: . Acesso em: 19 nov. 2018.

BREULMANN, M. et al.,.Hydrochars derived from sewage sludge: effects of pre-treatment with water on char properties, phytotoxicity and chemical structure. Journal Archives of Agronomy and Soil Science. p. 1-13, 2017.

BROWN, R. C. Introduction to Thermochemical Processing of Biomass into Fuels, Chemicals, and Power. In: Thermochemical Processing of Biomass. John Wiley & Sons, Ltd, 2011.

CASTRO, A. M. de; PEREIRA JÚNIOR, N. Produção, propriedades e aplicação de celulases na hidrólise de resíduos agroindustriais. Química Nova, v. 33, p. 181-188, 2010.

CATAPRETA, C. A. A.; SIMÕES, G. F. IBEAS – Instituto Brasileiro de Estudos Ambientais. In: VII Congresso Brasileiro de Gestão Ambiental. Monitoramento Ambiental E Geotécnico De Aterros Sanitários, Campina Grande, v. 1, p. 8, nov 2016. Disponivel em: . Acesso em: 12 fev 2018.

CHRISTENSEN, T.H. AND KJELDSEN, P., Basic biochemical processes in landfills. Chapter 2.1 in Sanitary Landfilling: Process, Technology and Environimental Impact, Christensen, T.H., Cossu, R., and Stegmann, R., Eds., Academic Press, London, UK, 1989, 29

CONAB. COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO. Acompanhamento da safra brasileira. v. 4, p. 158, 2017.

CRAVO, J. C. M.; et al. Painel aglomerado de resíduos agroindustriais. Ciência Florestal, v. 25, n. 3, 2015.

CRUZ, D. B.; TRANCOSO, H.; ANTUNES, J. G.; RIBEIRO, L. O.; MENDES, M. F.; PEREIRA, C. S. S. Avaliação preliminar do reaproveitamento da biomassa de fruta para produção de bioetanol. Revista Teccen, v. 10, n. 1, p. 35-38, 2017.

CZAJCZYŃSKA, D. et al.: Potentials of pyrolysis processes in the waste management sector. Energy Procedia, [s. l.], v. 123, p. 387–394, 2017. Disponível em:

DIAS JR, A. F.; ANDRADE, A. M. de; COSTA JR, S. S. Caracterização de briquetes produzidos com resíduos agroflorestais. Pesquisa Florestal Brasileira, v. 34, n. 79, p. 225-234, 2014. Disponível em: . Acesso em: ‎21‎ de ‎dezembro‎ de ‎2017.

DUTRA, E D.; MENEZES, R. S. C.; PRIMO, D. C. Aproveitamento de biomassa residual agrícola para produção de compostos orgânicos. Revista Brasileira de Ciências Agrárias [ONLINE]. Recife, v.7, n.3, p.465-472, 2012. Disponível em: . Acesso em: 16 de mai. de 2018.

FIGUEROA, J. E. J. Processos termoquímicos para processamento de bagaço de cana-de-açúcar: pirólise em leito fixo e gaseificação em leito fluidizado – Tese (doutorado) 199p – Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Química. Campinas, SP: [s.n.], 2015.

FREITAS, A. J.; COSTA, A. C. S.; OLIVEIRA, A. C.; PEREIRA, B. L. C.; ROCHA, M. F. V.; CARNEIRO, A. de C. O. Efeito da pressão e do tempo de compactação nas propriedades de briquetes de resíduos madeireiros de paricá. Nativa, Sinop, MT, v.4, n.6, p.380-385, nov./dez. 2016.

FURTADO, T. S.; VALIN, M.; BRAND, M. A.; BELLOTE, A. F. J. Variáveis do processo de briquetagem e qualidade de briquetes de biomassa florestal. Pesquisa Florestal Brasileira, v. 30, n. 62, p. 101-106, 2010. Disponível em: . Acesso em: 21 de dezembro de 2018.

GERMÁN F. G. et.al.,. Soybean hulls, an alternative source of bioactive compounds: Combining pyrolysis with bioguided fractionation. Industrial Crops & Products, 2017.

GUIMARÃES, I. L. Aproveitamento de Resíduo de Soja para Produção de Painéis MDP (Medium Density Particleboard), 2017. Universidade federal de Goiás Regional Jataí. Programa de Pós-Graduação em Agronomia.

IBGE. INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA A E ESTATÍSTICA. Pesquisa Nacional de Saneamento Básico 2010. Disponível em: https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv45351.pdf > Acessado em: 19 jun. 2019.

IBGE, Coordenação de Geografia. A Geografia da cana-de-açúcar. Rio de Janeiro: IBGE, 2017. 172p: Dinâmica territorial da produção agropecuária. ISBN 978-85-240-4443-4.

IPEA. INSTITUTO DE PESQUISA ECONÔMICA APLICADA. Diagnóstico dos Resíduos Orgânicos do Setor Agrossilvopastoril e Agroindústrias Associadas. Relatório de Pesquisa, 2012. Disponível em: Acessado em: 12 jun. 2019.

JACINTO, R. C.; BRAND, M. A.; RIOS, P. D.; CUNHA, A. B. da; ALLEGRETTI, G. Análise da qualidade energética da falha de pinhão para a produção de briquetes. Scientia Forestalis, Piracicaba, v. 44, n. 112, p. 821-829, dez/2016. Disponível em: . Acesso em: 26 de junho de 2018.

LIMA, S.A. e ROSSIGNOLO, J.A. Análise da pozolanicidade da cinza da casca da castanha do caju pelo método de difratometria de raios X. Matéria (Rio J.) [online]. 2009, vol.14, n.1, pp.680-688. ISSN 1517-7076.

OLIVEIRA, D. et al. Characterization and Use of Swine Deep Bedding Ashes in Cementitious Composites. Engenharia Agrícola, v. 32, n. 5, p. 810-821, 2012.

OLIVEIRA, L. H.; BARBOSA, P. V. G; LIMA, P. A. F.; YAMAJI, F. M.; SETTE JR, C. R. Aproveitamento de resíduos madeireiros de Pinus sp. com diferentes granulométricas para a produção de briquetes. Revista de Ciências Agrárias, v. 40, n. 3, p. 683-691, 2017.

PARADELA, F. M. R.. Estudo da pirólise de misturas de resíduos de plásticos, pneus e biomassa. 2012. 322f. Tese (Doutorado em Engenharia Química e Bioquímica) Faculdade de Ciências e Tecnologia e a Universidade Nova de Lisboa, Lisboa.

PEDROZA, M. M. Bio-óleo e Biogás da degradação termoquímica de lodo de esgoto doméstico em cilindro rotativo. Tese de Doutorado, Universidade do Rio Grande do Norte, 210 p, 2010.

PENHA, E. das M.; VIANA, L. de A. N.; GOTTSCHALK, L. M. F.; TERZI, S. da C.; SOUZA, E. F. de; FREITAS, S. C. de; SANTOS, J. de O.; SALUM, T. F. C. Aproveitamento de resíduos da agroindústria do óleo de dendê para a produção de lipase por Aspergillus Níger. Ciência Rural, Santa Maria, RS, v.46, n.4, abr, 2016. Disponível em . Acessos em 30 mai. 2018.

PEREIRA, A.I.C. Co-digestão anaeróbia de resíduos verdes e lamas de ETAR para produção de biogás. 2013. P.98. Dissertação (Mestrado em Energia e Bioenergia) - Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade Nova de Lisboa. Lisboa, Portugal. 2013.

PERITO, G. M.; SOUZA, R. B.; LIMAS, A. de. O. Produção de enzimas de valor comercial a partir de biomassa lignolítica residual de palmito real. Cadernos Acadêmicos, v. 4, n. 2, p. 229-232, 2013.

PIMENTA, A.S. et al. Utilização de resíduos de coco (Cocos nucifera) carbonizado para a produção de briquetes. Ciência Florestal, Santa Maria, v. 25, n.1, p.137-144, jan/mar. 2015.

PRIMO, Dário C. et al. Avaliação da qualidade nutricional de composto orgânico produzido com resíduos de fumo. Rev. bras. eng. agríc. ambient. [online]. 2010, vol.14, n.7, pp.742-746. ISSN 1807-1929.

PROTÁSIO, T.P.; TRUGILHO, P.F.; NEVES, T.A.; VIEIRA, C.M.M. Análise de correlação canônica entre características da madeira e do carvão vegetal de Eucalyptus. Scientia Forestalis, Piracicaba, SP, v.40, n.95, p.317-326, 2012.

QUIRINO JR, J. E.; SILVA, D. P. da; GOMES, M. A.; ROCHA, C. O. da; GADELHA, A. J. F. Avaliação do uso dos resíduos da produção de polpa de cajá como bissorventes para adequação da qualidade de águas de abastecimento. In: Workshop Internacional sobre água no Semiárido Brasileiro, 3, v. 1, 2017. Anais eletrônicos... Realize Eventos Científicos & Editora, Campina Grande, PB.

RAQUEL, P. et al.,. Análise do potencial de reutilização dos resíduos provenisntes de poda, municipio de Palmas, Tocantins. Revista Ibero-Americana de Ciências Ambientais. ISSN 2179-6858 SECTION : Articles TOPIC : Saneamento e Tratamento de Resíduos. [s. l.], p. 269–284, 2015.

ROSSI, W. A sustentabilidade da agricultura brasileira, 2011. Disponível em: Acessado em 31 jan.2018.

SAMPAIO, Z. L. M.; SOUZA, P. A. B. F.; GOUVEIA, B. G. Análise da influência das cinzas do bagaço de cana-de-açúcar no comportamento mecânico de concretos. Rev. IBRACON Estrut. Mater. São Paulo, v. 7, n. 4, Aug. 2014.

SANTOS, L.; SANTOS, D.; PEREIRA, D. Agroindustriais Production Waste From. [s. l.], p. 311–319, 2016.SCATOLINO, M. V.; et al. Use of maize cob for production of particleboard. Ciência e Agrotecnologia, v. 37, n. 4, 2013.

SCHUTZ, F.C. A.; ANAMI, M.H.; TRAVESSEINI, R. Desenvolvimento e ensaio de briquetes fabricados a partir de resíduos lignocelulósicos da agroindústria. Inovação e Tecnologia, v. 1 n.1, p, 1-8, 2010.

SILVA, R. B.; FONTES, C. M. A.; LIMA, P. R. L.; GOMES, O. da F. M.; LIMA, L. G. L. M.; MOURA, R. C. de A.; TOLEDO FILHO, R. D. Cinzas de biomassa geradas na agroindústria do cacau: caracterização e uso em substituição ao cimento. Ambiente Construído, Porto Alegre,v. 15, n. 4, p. 321-334, out./dez. 2015.

SILVA, B. C. P.; VIDAL, D. M.; QUEIROZ, P. I. B. Efeito da sorção no transporte de contaminantes orgânicos em solos argilosos. In: Congresso Brasileiro de Geotecnia, 4, 1999. p. 307-314.

SOUZA, O.; SCHULZ, M. A.; FISCHER, G. A. A.; WAGNER, T. M.; SELLIN, N. Energia alternativa de biomassa: bioetanol a partir da casca e da polpa de banana. Rev. Bras. Engenaria Agrícola Ambiental, v.16, n.8, 2012, Campina Grande, PB.

USDA. United States Departament os Agriculture. Foreing Agriculture Service, 2017. Disponível em http://usdabrazil.org.br/pt-br/dados-e-analises/. Acessado em: 04 set. 2017.

VON SPERLING, M. Introdução à qualidade das águas e ao tratamento de esgotos - Princípios do tratamento biológico de águas residuárias. v. 1. 3ª ed. Belo Horizonte: Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental. DESA. UFMG, 452 p. 2005.
Publicado
2019-11-17
Seção
Artigos